Comentários comentar

Felipe S. - 1 semana atrás

Combinei com o meu pai de fazer uma reforma em casa e precisamos trocar os portões, porém o portão da garagem é tipo basculante (abre na vertical) e tivemos dificuldade em encontrar profissionais que trabalham com esse tipo de portão. Por negligência eu deixei que meu pai (idoso) procurasse por um profissional e ele conseguiu uma indicação de algum amigo para fazer com determinada pessoa. O sujeito veio na nossa casa durante a semana e eu estava trabalhando, mediu a área e passou um orçamento de maneira verbal, pedindo que fosse adiantado 50% do valor do serviço para uma conta em nome de terceiro (suposto sócio) para a compra dos materiais. Meu pai pediu que eu fizesse a transferência e eu disse que não faria até ir no local de trabalho do cara, ver a qualidade de alguns serviços que ele faz e me informar sobre a conduta dele através de pesquisa. Meu pai se ofendeu, disse que eu nao confiava nele para fazer as coisas e fez o maior drama, de modo que mesmo desconfiado eu transferi o valor para evitar problemas. O cara sumiu, pegou a grana e foi para outro Estado. Fui na suposta loja onde ele era o dono e na verdade descobri que ele é ex presidiário e fazia eventual carga e descarga de materiais há uma semana. Pesquisei as informações e eram verídicas, além de descobrir que o cara respondia por roubo, homicídio e tráfico de drogas. Moral da história: nunca façam nenhuma contratação sem pesquisa prévia ou por influência de parentes/amigos. Meu pai ficou arrasado pela quantia perdida, mas serviu para nunca mais encher o meu saco quando eu decido fazer/deixar de fazer algo.

Rodrigo C. B. - 1 semana atrás

Uma vez um cara no meio da rua tentou me vender um óculos. Fez muita propaganda, disse que era o melhor do mercado e estava mais barato do que o preço normal. Comprei! Paguei, levei pra casa e só la percebi que não tinha lente. Era armação! #brinks

Por sorte nunca passei por isso, mas cada vez mais há novos meios de aplicar golpes. Essa do Sedex 10 eu não conhecia.

Vou ficar mais atento.

Na minha cidade o golpe que mais vemos é pessoas pedindo fralda na frente de farmácia. As pessoas acabam comprando para ajudar. Já os golpistas trocam por pedra.

cracrecricracudo - 1 semana atrás

Casamento muitos caem

Juli - 6 dias atrás

Divórcio tá aí pra isso.

Dricci - 1 semana atrás

Aqui o golpe mais comum é o boleto falso da Net/Claro com dívida não paga, geralmente no valor de 483 reais, com nome, endereço e CPF da vítima, toda semana chegam 2 ou 3

editado em 15 de jan. de 2022 09:38
Renato Axe - 1 semana atrás

Cara, em 2018 ou 2019, eu vendi 2 Notebooks caros no Mercado Livre, mas neste caso deu tudo certo. Na mesma semana fiquei sabendo desse tipo de golpe e me deu um cagaço kkkkkkk vendo o risco que corri.

Mas sou bem ligeiro para os golpes virtuais - consigo sacar claramente a maldade.

Ja tentaram pagar por fora da plataforma, ja tentaram enviar uber pra buscar o produto, ja tentaram fazer eu pagar por link no Mercado Pago, etc.
Vender no ML é risco calculado - a plataforma “privilegia” os compradores no caso dos golpes.


O único “golpe” que tomei foi do Peixe Urbano. A empresa faliu e fiquei com 120 reais presos na plataforma. Balão…

Renato Axe - 1 semana atrás

O golpe mais dificil de se proteger no ML é o da devolução.
Mas de qualquer forma, TUDO que eu compro ou vendo, eu gravo tirando ou colando na caixa.

ChegadeMImimi - 1 semana atrás

mesmo assim, gravei o unboxing, mas o MLcagou e andou, não penalizou o comprador, nunca mais vendi nada de valor alto no ML , só coisas baratas.

Renato Axe - 1 semana atrás

Pois é. Essa brecha que é osso. Tu fica refém da plataforma te reembolsar ou não. Golpista se da bem demais!!!
Cara, daria para a Polícia Civil pegar muito safado.

Sam - 1 semana atrás

Quando coloquei um veículo à venda apareceram 2 ou 3 vagabundos com um papo de que tinham uma dívida com uma terceira parte e que para quitar essa dívida usariam o veículo no negócio. Combinariam com essa terceira parte de ela ver o veículo e se gostassem fechavam negócio. Como achei um história muita estranha mandei catar coquinho.
Depois disso li algumas reportagens desse golpe no qual o golpista clona o seu anúncio e atua como intermediário entre o comprador (a outra vítima do golpe) que vêm através do anúncio falso e você. O golpista diz ao comprador que você é algum conhecido ou parente e que vai mostrar o veículo, a vítima envia o dinheiro pro golpista que desaparece. O resto é história...

Garfield - 1 semana atrás

Esse é foda. Impressionante o tanto de variáveis que o golpista tem que controlar e mesmo assim dá certo.

Felipe S. - 1 semana atrás

Infelizmente as variáveis são blindadas pela ganância de quem está envolvido no negócio... Quem acha que vai vender, acredita que se deu bem pq irão pagar o preço cheio e quem vai comprar acha que vai pagar uma pechincha ao verificar o preço do anúncio falso e saber que está bem abaixo do preço de mercado. Bem comum e infelizmente não tenho pena de quem cai.

Eu era a compradora, achamos estranha a história e fomos pesquisar, bingo! Só transfira dinheiro da compra do carro ou de qualquer coisa para o dono do bem, no caso do carro, pra quem tem o nome do dut.

Diego - 1 semana atrás

Uma vez sacaram meu FGTS na Caixa, sendo que eu nem possuía senha, quiçá cartão da conta. No fim das contas a caixa me devolveu o valor.

Outro golpe comum é os caras pedirem mais fotos de um anúncio seu no Facebook, por exemplo. Aí eles criam outro anúncio com as suas fotos e enganam outras pessoas no mercado livre.

Outro golpe corriqueiro é com idosos aqui em sp. Um cara aparece e diz que é o carteiro responsável pela entrega dos leites da prefeitura, questiona se o idoso se lembra dele e fica tentando convencer a pessoa a entrar no carro dele para ir buscar unidades de sobra. Geralmente os abordados acabaram de sair do banco. A ideia é sequestrar para roubar dinheiro da conta

editado em 15 de jan. de 2022 15:00

Passei pelo primeiro!

Capslock - 1 semana atrás

Entrei em jogo NFT no topo da cotação, agora vou demorar quase 1 ano para recuperar o ROI, isso SE eu recuperar.

666 - 1 semana atrás

Posta o nome do joguim ai mano kkk

Capslock - 1 semana atrás

Criptocars

Olaf - 1 semana atrás

Veio um cara aqui na minha empresa dizendo ser de Portugal, forçando sotaque, disse que veio vender umas peças de luxo para uns advogados aqui da cidade, citou o nome deles, e que sobraram algumas coisas (tudo falso), tinha uns 30 mil em mercadorias, só uma bolsa custava 10k, mas como ia dar muita burocracia ele voltar com tudo pra Portugal, ele fazia por 10 mil tudo

Magrones - 1 semana atrás

Essa aí me lembra uma comum aqui em SP....quando tem exposição/evento os golpistas esperam até umas 20hrs...visitam os bares das redondezas do evento sugerindo que estão com "sobra" do evento e precisam desovar por módicos valores...já vi de tudo...kit de faca, jaqueta de "couro", relógios importados....o que na verdade são peças simples de comprar superfaturadas

editado em 15 de jan. de 2022 11:12
Renato Axe - 1 semana atrás

Não caí nesse golpe, mas descobri esses dias:
https://www.youtube.com/watch?v=8pmnmPp3-WA

Frutas no Mercadão Municipal

Descobri que muita gente cai todos os dias. Gringos, gente de outros estados e até mesmo de São Paulo...
Mas não é o preço caro, e sim a abordagem dos vendedores. Li em muitos comentários que eles são intimidadores e fazem a pessoa levar na maldade.

Em outro vídeo, vi vários comentários de gente que pagou 500 reais em frutas por medo...

Na hora de dar para o cliente provar, eles adoçam a faca ou injetam açucar nas frutas... Não pesam a unidade e superfaturam no Kg.

Vi que já rolou algo parecido também em uma barraca de pastel lá no Mercadão. Vendem sem a tabela de preço e depois cobram 34 reais por 1 pastel...

editado em 15 de jan. de 2022 17:22
... - 1 semana atrás

Meu endereço no Brasil vive recebendo boletos de "hospedagem" e "registro" sobre domínios dos meus clientes...
Por vezes, vem até dos meus próprios domínios...
Eu tenho meu próprio data center e tenho um código de Registrar... Eu sou a hospedagem e Registro de domínio... Os caras nem checam pra quem estão enviando o golpe...
Vários clientes caíram nisso, entretanto...

Então, se você registrar um site ou mantiver um site com algum prestador de serviços, sempre checa todas as informações na carta que recebeu. Nome da empresa, observações, seus dados, etc. E não vai ter logo e dados da empresa que, de fato, te presta o serviço.
Porque esses golpes de domínio e hospedagem são geralmente enviados como boletos de doação. Você não está pagando por um serviço por engano, você está dando dinheiro "por conta própria".

Por isso que acho a política aberta do RegistroBR ridícula. O registro deveria ser privado, que nem nos EUA.

bruno - 1 semana atrás

um golpe q está muito comum no interior é ligarem p telefone fixo dizendo que é da empresa de telefone e precisam depositar um valor q a pessoa tem com eles por x motivo. Pedem banco, agência e conta, cpf. Dias depois outra pessoa liga se passando por gerente do banco, informa p ela a ag, conta, confirma o cpf e diz q houve uma fraude na conta p ela passar os dados do cartão p ele bloquear. C os dados repassados a pessoa se sente segura e acaba passando td, inclusive a senha. Pronto, fazem a limpa na conta dela. É foda, muitos idosos estão caindo.

Ricardo - 6 dias atrás

Curioso... Quando meu banco ou operadora me liga querendo confirmar os dados, eu sempre aceito:
"Pois não, pode falar e se tiver certo eu confirmo."
Quando é legítimo, eles dizem que não podem fazer e pedem pra eu dar os dados. Aí eu nego sempre.

Mas já fica o alerta pra quando ligarem e saírem falando meus dados, já acender a luz laranja dentro da cabeça.

Gunzzo - 1 semana atrás

Aqui na lotérica sempre tem uma para dizer que o dinheiro está faltando, então espere falar o valor e dê o valor certo. Meu cunhado em outra cidade, passou pela mesma lorota, mas ele viu quando a atendente jogou R$100,00 para debaixo de um papel, ele mandou ela procurar direitinho, magicamente apareceu o dinheiro.

editado em 15 de jan. de 2022 14:47
ThePowerGuido™ - 1 semana atrás

Cara, fica esperto com lotérica... Já caso de o atendente estornar o valor pago depois de paga a conta. Peça o comprovante e guarde, se precisar pagar conta numa lotérica.

Garfield - 6 dias atrás

Achava que era mais comum tentarem dar golpe na hora de pagar coisa na lotérica.

DJunior - 1 semana atrás

Por 2x aconteceu de comprarem na minha conta, com cartão de terceiros. A última vez, essa semana. Ambos os casos foram compras de placas de vídeo. A primeira, compraram no site da Kabun, colocaram um endereço de uma favela de Macaé,RJ, porém a compra não foi aceita pelo cartão utilizado. Na segunda, essa semana, a compra foi feita no site do Shoptime, vendido e entregue por, advinha: Kabun, lógico. Colocaram um endereço da Cidade do Rio de Janeiro, possivelmente favela também, porém dessa vez a compra foi aceita pelo cartão de crédito.
Entrei na minha conta e cancelei a compra logo em seguida. Espero ter evitado que alguém tomasse um prejuizo com essa compra no cartão, que possivelmente foi clonado.

Fica a dica: Não deixem salvos os seus cartões nos sites de compras. Se por algum motivo for violado, você não teria prejuízos de compras feitas em seu cartão.

Felipe S. - 1 semana atrás

Aconteceu comigo no iFood... Eu reportei as compras indevidas com cartões de terceiros, todas em outros Estados e a solução deles foi cancelar a minha conta e eu tive que criar uma conta nova.

editado em 15 de jan. de 2022 17:14
Sigma7 - 1 semana atrás

A cada mias ou menos 2 meses eu tomo o golpezinho do entregador dos Correios, que insere no app que fez tentativa de entrega três vezes e assim me obriga a ir na agência para obter a encomenda. Não denuncio por medo de alguma retaliação pessoalmente.
No passado longínquo tomei golpe de um seguro do BB, que não cobria certas coisas. A oficina de concessionária enrolou com o carro no pátio sem consertar e depois chegou um valor alto oara eu pagar.
Já no OLX, anunciei coisas, vagabundos descobriam onde eu vendia, achavam que eu tinha grana, e daí tive a casa furtada. Coisa meia louca vender coisa usada e bandido achar que, por isso, a pessoa possui grandes coisas. Desde então nunca mais anunciei nada, mas tenho coisas para eu me desfazer.
Um golpe mais recente foi de pessoa alugando casa usando uma pessoa anônima/oculta como intermediária, aparentemente formada em direito. Após receber as chaves, em 3 dias identifiquei que a casa tinha problemas. Pedi a caução de volta e queria sair do imóvel devido o problema estrutural, pois não queria viver nela com desconhecido consertando, era problema ou vício oculto, mas ela não quis devolver. O jeito foi partir para justiça, mas foi ela primeiramente me processando, tentando me fazer desistir, daí contra-ataquei abrindo outro com ela. Já se passaram 2 anos e ainda não houve decisão dos processos, que foram juntados pelo fórum.

Felipe S. - 1 semana atrás

ouvidoria dos correios tem funcionamento exemplar. Já tive encomenda sendo entregue domingo, por volta de meio-dia, em virtude desses golpes de carteiro. Vendas de coisas usados eu comecei recentemente, mas sempre levo um amigo policial comigo e marco de fazer a transação em locais públicos (dinheiro/pix de um lado e entrega da mercadoria do outro, depois cada um segue o seu rumo).

thiago - 1 semana atrás

Meu pai era professor do Estado e tinha ajuizado algumas ações daquelas coletivas. Como ele faleceu eu e meu irmão passamos a fazer parte do polo ativo. Uns 3 meses atrás, meu irmão recebe um whatsapp do "escritório de advocacia" informando que o Estado depositou o $ e que eles iam depositar na conta do meu irmão. Entrei em contato com o número que informaram passei os dados da conta e disseram que até às 17:00 ia depositar. 5 minutos depois, recebo uma ligação onde o rapaz informa que precisava pagar as guias e uma tarifa do banco, alegando que era determinação do BACEN. Me encaminhou um documento com a descrição das guias, a suposta determinação do BACEN e um número de PIX da "advogada". Achei tudo estranho e na hora que confrontei, ele desligou e apagou parte da conversa e o documento do whatsapp. É tudo MUITO BEM FEITO. Fico imaginando o tanto de professor e funcionário público que cai nesse golpe.

Fizeram um empréstimo no meu cpf em uma conta do mercado pago que eu nem tinha feito! Ou seja, tinha 2 contas com o msm cpf! A conta do fraudador tem um email que nunca vi.

Começaram a me cobrar e achei estranho e abri um consumidor.gov. Cancelaram a cobrança do meu suposto empréstimo, tive uma explicação porca deles e até agora eu n entendi como fizeram, se pra abrir uma conta precisa de foto de documentos e como enviaram um empréstimo no meu cpf pra uma conta de terceiro.

O mercado pago é tão lixo que tive que abrir outra reclamação pra cancelarem a conta do fraudador, que eu nem tenho acesso, pq n fizeram isso na primeira reclamação.

Sam - 6 dias atrás

Te aconselho a consultar o Registrato do BCB para verificar se não conseguiram abrir conta usando seu CPF em outras instituições. Digo isso porque aconteceu/acontece comigo.

Valeu pela dica, vou dar uma olhada!

cracrecricracudo - 6 dias atrás

Tem o da panela de aço cirúrgico, esse é bem famoso e pega trouxas a muito tempo. Tem uma matéria até de uma bancária q caiu.

editado em 16 de jan. de 2022 03:54
Lucas Polegar - 6 dias atrás

Falando da linguagem sequestral, acontece em academia o batizar de bebidas principalmente de mulheres. O cara já vem conversando, batiza enquanto a mulher malha, ela bebe, começa a tontear e o cara tá ali pra ajudar. Fala que chamou um Uber pra levá-la ao hospital ou casa e o quadrilheiro já está com o carro na porta pra fechar o sequestro.

Outra são vendedores de perfume de rua. Ambulantes. Você cheira, arreia e a roubalheira começa.

E.numa transação em shopping o comprador apresentar comprovante de depósito feito com envelope em branco. Embora manjada... Vale redobrar a atenção.